Discovery – Tentando ser Fashion

Ao completar dois anos de carreira, resolvi juntar uma galera massa para fazer um ensaio. Queria fazer algo diferente da rotina dos trabalhos, queria experimentar outra linguagem, novos conceitos e por que não provocar um pouco. Foi assim que nasceu o Discovery, que pretende lançar um olhar diferente para a moda plus size masculina e provar que é possível arriscar mais.

Nestes dois anos, percebi que mesmo nas fotos conceito a linguagem é sempre a mesma, enquanto no universo fashion masculino magro, se arrisca mais. Tem várias campanhas mais ousadas, lógico que as marcas que investem nelas tem verbas bem estabelecidas, diferente da realidade nesse projeto.

A primeira a ser convidada foi a Bruna Letícia de Souza que é produtora de moda e que conheci há dois anos, quando fiz meu segundo trabalho como modelo. Conversamos bastante, as ideias fluíram, mas esparramos na falta de figurino. Depois que decidimos que queríamos algo mais étnico, fomos garimpar o que encontraríamos pronto e depois complementaríamos mandando costurar.

A Bruna já tinha uma costureira super parceira, a Andrea Castro que também comprou a ideia do projeto. Alias a Bruna tem quase que responsabilidade total para o ensaio ter saído do papel. Ela que juntou os outros profissionais. Me apresentou a Micheli Vincenzi e trouxe também o Joatan Fernando, que foi o responsável pela make do meu primeiro job em 01 de abril de 2016. Deu pra ver que esse projeto teve um pouco de nostalgia, né?

Bem, acho que chega de falar, e vamos ver um pouco mais desse editorial que eu amei fazer.

Intitulado de “Discovery”, o conceito do trabalho faz um paralelo entre descobrimento do Brasil (celebrado em abril) e o descobrimento do mercado plus size masculino. Segundo pesquisas recentes da Associação Brasileira do Vestuário (Abravest), este cresce 6% por ano e já movimenta cerca de R$ 5 bilhões. “Mas, quando o homem gordo procura por referências mais descoladas, na grande maioria das vezes, depara-se com opções no padrão tiozinho, no qual boa parte do público consumidor não se enxerga. Por isso, resolvemos investir nesse ensaio a fim de dizer que queremos linguagens novas e produtos que saiam do tradicional”, resume.

Para fazer a conexão entre o descobrimento do Brasil e a moda contemporânea, foi necessário recorrer às referências visuais de europeus, índios e negros reforçando elementos que pudessem compor algo novo. Essa responsabilidade coube à produtora de moda e cenógrafa Bruna Letícia. Ela explica que algumas peças do figurino tiveram que ser adaptadas ou mesmo produzidas, já que o material encontrado no mercado era tradicional. “Esse panorama reforçou a nossa ideia de que estamos certos quanto à necessidade de abordar o tema”, afirma.

Inspirado nas pinturas das tribos indígenas, o beauty artist Joatan Fernando trouxe ainda mais personalidade através da maquiagem, enquanto a fotógrafa Micheli Vicenzi explorou a iluminação, enquadramentos e ângulos para propiciar um ensaio inédito. Segundo ela, ao pesquisar referências plus size masculinas nacionais e internacionais, o que se viu foram materiais semelhantes entre si e, por isso, o objetivo foi ousar um pouco mais, porém, sem exageros.

Em dois anos de carreira, orgulhosamente protagonizei o lançamento das linhas plus size de marcas como Riachuelo e Havan, além de estrelar o editorial de divulgação da 16ª edição do FWPS (Fashion Weekend Plus Size), que aconteceu em São Paulo. Além disso, conto com dezenas de outros trabalhos para empresas com distribuição nacional. Atualmente, divido meu tempo entre a rotina de modelo, de produção de conteúdo e consultorias.

FICHA TÉCNICA

Fotografia e edição: Micheli Vincenzi – @michelivicenziph

Produção de moda: Bruna Letícia de Souza – @brunaleticiastyling

Make/Hair: Joatan Fernando – @jotaferdy

Acessórios: Gabi Berry – @acessoriosgb

Figurino: Andrea Castro e Acervo Pessoal

Modelo: Otávio Janecke – @o.plussize

Locação: Blumenau Norte Shopping

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *